A notícia da morte do Rubens

A notícia da morte do Rubens (Ewald fº) é horrível, ainda que previsível.

Eu conheci com menos de 20 anos. Ambos éramos copydesks no Jornal da Tarde, naquela altura.

Em matéria de cinema desde então tivemos nossas divergências, ele pensava de um jeito, eu de outro. Mas, que importa?

Vou resumir: foi ele que me levou ao Candeias, que me introduziu ao cinema, a rigor. Ele já tinha esse carisma que depois ficou famoso via TV.

Mas o Rubinho sempre foi pessoa de uma lealdade sem fim. De uma afetividade ilimitada. Por isso a gente podia passar anos sem se ver e nem por isso perdia o prazer de se rever.

Eu gostava de ouvi-lo todo ano no Oscar. Para mim ele era o padrão do Oscar. Este ano ele foi tirado da cobertura, o que foi uma idiotice da TNT. O Oscar já é chato, sem Rubens ficou insuportável.

E temo que assim será para todo sempre.

Não poderei me despedir dele , no velório ou no enterro.

Estou escrevendo no dia 19, quando soube de seu falecimento. Viajo para Bolonha no dia 20.

Estarei saudoso.

Não sou de acreditar em Deus, mas, em todo caso: Que Deus o Tenha.

Anúncios

Um comentário em “A notícia da morte do Rubens

  1. Como crítico de cinema, eu sempre o considerei chato, vazio, mais apropriado para os dias de hoje (do Bozo). Mas o seu testemunho sobre ele é muito mais importante que tudo. Te abraço

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s